BUSCA

Maricá inaugura projeto dos Correios de código de endereçamento postal por rua

compartilhe:


O projeto Correios e Prefeituras, que objetiva a identificação e implantação de códigos de Endereçamento Postal (CEP) específicos nos logradouros dos municípios brasileiros concluiu esta semana o projeto piloto na cidade de Maricá, no Rio de Janeiro. É a primeira experiência efetuada dentro do convênio, no país.

“A gente resolveu iniciar por Maricá porque o município tinha um CEP genérico. Nós tínhamos só 26 dos 92 municípios fluminenses com CEP individualizado, isto é, com código de endereçamento por rua”, disse hoje (8) à Agência Brasil o diretor regional dos Correios no estado, Omar de Assis Moreira.

Durante seis meses, técnicos dos Correios e da prefeitura fizeram o georreferenciamento das ruas para acabar com o código único da cidade (24.000-000). A partir de agora, Maricá tem uma faixa de CEP que vai de 24.000-001 a 24.999-999.

Ontem (7), o diretor dos Correios e o prefeito de Maricá, Washington Quaquá, iniciaram a instalação das placas de identificação dos códigos de endereçamento postal em ruas do bairro Mumbuca. A medida atende à instrução normativa do Ministério das Comunicações, que regula a distribuição domiciliar de correspondência. Todos os novos CEPs criados já estão ativos no sistema dos Correios. A expectativa é que, nos próximos dois anos, as demais vias da cidade estarão com suas placas identificadoras.

O município investiu R$ 2 milhões no mapeamento aéreo do território e no recadastramento de imóveis, no ano passado, para permitir aos técnicos dos Correios efetuar a divisão das 3.300 ruas da cidade em diferentes códigos de endereçamento.

Segundo diretor regional dos Correios, a meta no estado do Rio de Janeiro é abranger a totalidade dos municípios com CEP individualizado até 2014. No Brasil, segundo Moreira, apenas 347 das mais de 5 mil cidades têm codificação postal por rua. “Menos de 10% dos municípios brasileiros têm CEP individualizado por logradouro”, disse.

A próxima cidade fluminense que ganhará CEP específico por ruas será Seropédica. Cinco técnicos dos Correios já estão trabalhando com equipe do município da Baixada Fluminense. Moreira disse que qualquer município pode aderir ao projeto e fazer convênio com os Correios, com a mesma finalidade.

Fonte: Agência Brasil

RBCM. Laboratório de Investigação do Espaço da Arquitetura. Departamento de Arquitetura e Urbanismo. Centro de Artes e Comunicação. UFPE . Recife — PE. (81) 2126.7362