BUSCA

Lauro de Freitas: Município quer alfabetizar 100 % das crianças em até dois anos

compartilhe:


Alfabetizar 100% das crianças até os 8 anos de idade nos próximos dois anos é a meta do pacto “Alfabetizar Letrando” firmado entre prefeitura de Lauro de Freitas e governo do Estado, no Polo Universitário Santo Amaro de Ipitanga (Pusai). A parceria integra o programa “Pacto pela Educação – Todos pela Escola” e visa formação continuada dos professores. Participaram do encontro, representantes do estado, do município, secretário municipal de Educação Paulo Aquino e o vice-prefeito João Oliveira. Saiba mais

Lauro de Freitas deu início à capacitação no início de 2010. Os 97 docentes das classes de 1º ano e alfabetização já estão no sétimo módulo do curso que promove encontros mensais. “Esse elo entre poderes casa com o que já fazemos no município”, frisou a formadora do pacto e coordenadora do Núcleo de Alfabetização no município, Vânia Pessoa. Para o coordenador municipal pedagógico, Juvenal Machado, os laços estreitados só trarão benefícios à educação infantil da cidade. “Os avanços mostram que estamos no caminho certo”.

Nos últimos cinco anos, a média geral das séries iniciais (da 1ª a 4ª) pulou de 3.3 para 4.1, segundo dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). “Lauro de Freitas já tem uma experiência exitosa. Vamos apenas dar continuidade ao que já vem sendo feito”, declarou a formadora estadual Maracy Paixão. O desafio de alfabetizar todas as crianças laurofreitenses foi considerado possível pelo secretário municipal de Educação, Paulo Aquino. “É um compromisso dos poderes públicos, professores e da família”, destacou.

Ele fez questão de reforçar que educação sempre foi uma prioridade da gestão. Atualmente, 800 crianças do município estão na educação infantil, distribuídas nas cinco creches públicas e dez conveniadas. “Quanto mais cedo o aluno chega à escola, mais fácil é o processo de alfabetização”. O secretário lembrou ainda que a rede de ensino tem sido cada vez mais ampliada. Prova disso foi à inauguração da Escola Municipal Ipitanga, no final de julho, com capacidade para 720 alunos. O equipamento, fruto de mais uma parceria entre os poderes públicos, foi entregue pelo estado ao município.

Embora a responsabilidade com classes de alfabetização seja do município, o vice-prefeito João Oliveira destacou a importância da parceria com o Estado. Segundo ele, o pacto ilustra que educação é um compromisso de todos. “Oferecer boas escolas e mais do que um dever, é nossa obrigação. Juntos podemos implementar políticas educacionais. Assim tem sido feito já que o Estado é nosso parceiro valoroso. Para nós é só mais um passo a frente já que Lauro de Freitas vem realizando a formação de seus professores”, reforçou o vice.

Fonte: Consuladosocial.com.br
Por: Marcelo Aragão

RBCM. Laboratório de Investigação do Espaço da Arquitetura. Departamento de Arquitetura e Urbanismo. Centro de Artes e Comunicação. UFPE . Recife — PE. (81) 2126.7362